Páginas

Olá, seja bem-vindo(a) ao blog Pegadas do Caminho. Obrigado pela visita. Volte sempre. :)

RIZOMA DA VIDA

Imagem ilustrativa
A vida sempre se me afigurou uma planta que extrai sua vitalidade do rizoma; a vida, propriamente dita, não é visível, pois jaz no rizoma. O que se torna visível sobre a terra dura só um verão, depois fenece... Aparição efêmera. 

Quando se pensa no futuro e no desaparecimento infinito da vida e das culturas, não podemos nos furtar a uma impressão de total futilidade; mas nunca perdi o sentimento da perenidade da vida sob a eterna mudança. 

O que vemos é a floração, e ela desaparece. Mas o rizoma persiste. 

Carl Gustav Jung 

Fonte: Memórias, Sonhos e Reflexões

Nenhum comentário:

Postar um comentário